Dentista Autônomo x Fisioterapeuta Autônomo

dentistas e fisioterapeutas autônomos

11 abr Dentista Autônomo x Fisioterapeuta Autônomo

Descubra algumas peculiaridades que esses profissionais possuem em comum!

Como empresários, os dentistas e fisioterapeutas autônomos possuem a necessidade de lidar com vários aspectos da vida empresarial. Muitos desses são comuns entre as duas profissões e possuem a indispensabilidade do mesmo nível de atenção.

Para você que está empreendendo em ambos os ramos como autônomo ou pretende dar o primeiro passo nessa direção, veja algumas características em comum e metas compartilhadas nas duas áreas.

Estudo e especialização do dentista e do fisioterapeuta

As duas áreas são especializações na área de saúde. Essa é uma característica em comum óbvia entre os dois profissionais pelo fato de ambos atuarem no ramo da saúde e se preocuparem com um desenvolvimento saudável do seu paciente.

Portanto, por mais que as aplicações dos estudos da medicina sejam em áreas diferentes do cliente, o objetivo é o mesmo: permitir que o estado do seu paciente seja melhor à medida que for sendo atendido.

Decisões de negócio

Tanto no caso do dentista como do fisioterapeuta autônomo, existe a necessidade de tomada de decisões, análise gerencial e a administração das finanças de interesse para o desenvolvimento da profissão, bem como os interesses pessoais.

Essas áreas autônomas também compartilham o fato de precisarem cumprir alguns procedimentos para garantir uma regularidade fiscal. Ambos serão tributados pela tabela de Imposto de Renda Pessoa Física e precisarão do preenchimento de um livro caixa, de modo a escriturar as despesas dedutíveis, reduzindo assim o lucro tributável, pagando menos impostos e aumentando seus ganhos.

Mesmo que esses empreendedores trabalhando como Pessoa Física por causa do seu modelo de negócio, as decisões envolvidas e atuações devem ser as mesmas que um gestor tem em seu negócio.

Consulte um contador especializado à respeito para estar em dia com seus impostos e aumentarem seus ganhos.

Flexibilidade de horário

Em ambos os casos existe esse grande benefício que é poder ajustar seu compromisso aos horários que escolher.

Nesse caso, isso é visto também como um desafio, visto que é necessário que nas duas áreas os dentistas e fisioterapeutas  sejam organizados em relação aos horários marcados com seus pacientes e tenham a determinação de cumprir a sua agenda de forma que não prejudique os seus clientes.

Recursos de estrutura

No caso do dentista que é mais comum abrir consultórios próprios (quando se trata de autônomo), é necessário que o ambiente tenha uma boa condição de uso e tenha higiene porque isso pode acarretar em problemas de saúde para o seu paciente. Um exemplo é a esterilização de produtos, que se não for feita corretamente traz sérios riscos ao cliente.

A visão do bom funcionamento dos recursos deve ser compartilhada pelo fisioterapeuta, vez que com equipamentos ruins não conseguirá uma melhora do quadro do paciente e isso implica na falha do objetivo do profissional da saúde.

Nos dois casos, os recursos de ambiente e equipamentos têm ligação direta com a meta de profissionais do ramo da saúde. O investimento desses empreendedores em recursos avançados ajuda a ter um diferencial com relação a outros empreendimentos e realiza com louvor objetivos profissionais dos dentistas e fisioterapeutas.

Gerenciamento de riscos

Essa relação entre área odontológica e de fisioterapia vai além no que diz respeito aos riscos de empreender.

É necessário que esses gestores atuem de forma que as receitas da empresa ou atendimentos domiciliares sejam investidas de forma saudável em novos projetos, parcerias e tecnologias a fim de melhorar os resultados do seu empreendimento, tal como seu faturamento.

A parte contábil de um negócio é deveras importante e os profissionais autônomos devem lidar com o desafio de gerenciar a situação financeira como também criar estratégias para que as mesmas sejam potencializadas.

Planejamento de negócio e busca de clientes

Por fim, existem outras duas características em comum entre o ramo dos dentistas e dos fisioterapeutas que são: o planejamento do seu negócio e a aquisição de novos clientes.

Nos casos acima existem obstáculos a serem vencidos e aplicação de técnicas e habilidades para dentistas e fisioterapeutas com o objetivo de manter o andamento estável ou ascendente do seu empreendimento.

Você já sabia dessas semelhanças? Ainda existem informações que você pode desconhecer e dicas surpreendentes para potencializar o resultado do seu negócio.

Se conecte conosco e acompanhe essas informações através do nosso blog. Curta também e deixe seus comentários em nossas redes sociais.

Utilize bem as informações e até a próxima!

Nenhum comentário

Postar um comentário