Montar uma confecção de roupas – tudo que você precisa saber sobre impostos de importação

Montar uma confecção de roupas

11 jan Montar uma confecção de roupas – tudo que você precisa saber sobre impostos de importação

Empreender no mercado têxtil pode ser um bom negócio, mas, no início, existem alguns desafios, principalmente financeiros. Isso porque a contabilidade é um assunto do qual vários empreendedores fogem, sem levar em conta a sua importância. Hoje você ficará por dentro de tudo o que precisa saber sobre impostos de importação.

Chegou a hora de se informar sobre o assunto, para que você consiga montar uma confecção de roupas que esteja de acordo com a legalidade. Então, vamos lá.

Impostos de importação

Como o nome já sugere, esse imposto cai sobre todos os produtos importados que serão utilizados na indústria têxtil. E, como você já deve imaginar, sua matéria-prima é importada, ou seja, você precisará pagar uma certa quantia a mais por ela, cobrada pelo Estado.

No entanto, esse valor já está embutido na compra do produto, mas, é preciso pensar em como ele afeta os seus negócios, mais especificamente os seus lucros.

Preços competitivos

Muitos empreendedores da indústria têxtil têm dificuldades em competir no mercado devido aos valores injustos dos impostos. Uma calça jeans, por exemplo, não custa muito para ser confeccionada. No entanto, na hora da venda, seu preço aumenta muito, e, geralmente, mais de 30% do valor final vai para os cofres do Governo.

Isso desestimula empreendedores, e faz com que eles optem por consumir matéria-prima mais barata.

Finalidade dos impostos de importação

Muita gente não concorda com os valores cobrados nos impostos de importação, mas, de acordo com o Governo, eles servem para proteger produtos brasileiros de produtos da concorrência estrangeira.

Soluções para os brasileiros

O aumento dos impostos é algo que desmotiva os empreendedores brasileiros, mas a saída para esse problema pode ser encontrada no fechamento de parcerias com indústrias de outros países. O Peru, por exemplo, tem demonstrado muito interesse nas confecções brasileiras, que exportam muito para diversos lugares do mundo.

Se para você não compensa trazer peças de fora para cá, pois será cobrado um preço desestimulante, então a saída é fazer com que seus produtos cruzem a fronteira.

Inspiração

Você provavelmente conhece a marca Cavalera, não é mesmo? Antes, ela funcionava como uma pequena confecção em São Paulo, e hoje, já é uma grande empresa que conta com mais de vinte lojas em diversos estados brasileiros.

A Cavalera não fazia sucesso no início, mas logo que começou a se familiarizar com o mercado peruano, os negócios aqueceram. Como o Brasil é um país que conta com vários vizinhos, tentar expandir os produtos pela América Latina pode ser a saída.

Isso porque os valores por impostos de importação são muito altos, o que significa que a saída é exportar. Você que está empreendendo em confecção de roupas agora, precisa se informar mais sobre esse assunto para entender quais são as melhores estratégias para seu modelo de negócio.

Em caso de dúvidas sobre a tributação que incide sobre a indústria têxtil, entre em contato com a Marques. Uma contabilidade para indústria têxtil é o que você precisa para conduzir os seus negócios com tranquilidade!

Sucesso e até a próxima.

Nenhum comentário

Postar um comentário