O que fazer com os Resíduos Têxteis de sua Confecção?

Resíduos Têxteis de sua Confecção

27 jun O que fazer com os Resíduos Têxteis de sua Confecção?

Aprenda como descartar corretamente os resíduos têxteis de sua empresa de confecção

Você pratica a consciência ambiental em sua empresa têxtil?

É adepto da reciclagem e reaproveitamento de resíduos que normalmente são tratados como rejeitos?

O planeta pede socorro!

Todo o dia se ouve falar no aumento do aquecimento global, no descongelamento das calotas polares, sem contar em milhares de rios e afluentes totalmente tomados de poluição, causados pelo descarte incorreto de lixos e dejetos sólidos

E você como empreendedor engajado em um mundo melhor, não pode participar de tal atrocidade contra o meio ambiente.

O descarte correto de resíduos têxteis além de ser uma forma de contribuir com a preservação do meio ambiente, é Lei e se não cumprida pode ser passiva de ações penais e administrativas (A Lei nº 12.305/2010).

Entenda qual a maneira correta de descarte!

 Recicle e lucre!

A primeira opção e a mais vantajosa é tentar minimizar ao máximo a produção de resíduos têxteis, uma vez que esse material já foi matéria prima e sua empresa pagou para ter.

Assim se houver um planejamento e otimização de produção, com foco em ganhos econômicos para sua empresa têxtil, será possível ter melhores retornos, além de fazer contribuições significativas.

Algumas medidas que podem ajudar na diminuição de resíduos são:

  • Reduzir a utilização de tecidos na hora da produção, planejando melhor o corte, reaproveitando os moldes o máximo possível e inserindo retalhos grandes na fabricação de outras peças.
  • O ideal é que a geração de retalhos não ultrapasse 10%.
  • Faça a reutilização do retalho dentro do próprio processo produtivo, criando uma linha de produtos alternativos onde possam ser encaixadas as sobras, vale lembrar que às vezes o empresário pode conseguir exatamente o mesmo lucro ou até mais com uma peça feita a partir de material residual.

No entanto, por mais que se adeque e se concentre para a diminuição de geração de resíduos, ele ainda acontece.

Então que tal descartá-lo de maneira inteligente e consciente?

Descarte inteligente

Se sua empresa têxtil já utilizou da melhor forma possível todos os resíduos e agora precisa descartar as sobras, por que não fazer de maneira inteligente?

Várias empresas compram as sobras têxteis para reutilizá-las.

Normalmente eles serão processados novamente e transformados em tecido ou fios.

Existem inúmeros outros segmentos que utilizam os resíduos têxteis em suas atividades diárias.

Veja os ramos empresariais que podem se interessar pelos seus retalhos:

  • Ramo de reciclagem artesanal é outro grande interessado na compra de suas sobras e retalhos.
  • Ramo de artigos esportivos, para preenchimento de sacos de pancada
  • Ramo de limpeza geral, eles utilizam os tecidos que não mais podem ser utilizados como vestimenta ou acessório, para limpeza bruta.

Outra maneira de descartar seus resíduos sem causar problemas para o meio ambiente e para o seu bolso são as doações para ONGs.

Muitas delas utilizam as doações para criar artesanatos e vendê-los para obter renda extra.

Essa ação pode ser um marketing inteligente e positivo para sua empresa, já que o número de consumidores que se preocupam em comprar de forma consciente cresce todos os dias.

Assim seu nome será reconhecido no mercado como empresa engajada em causas sociais e ambientais.

Como você pode perceber o descarte correto de seus resíduos têxteis além de ser muito fácil de ser realizado, ainda pode trazer vários benefícios a sua empresa.

Basta apenas você se adequar e tomar os devidos cuidados de coleta e separação para que não haja contaminação do tecido e assim ele possa ser reaproveitado.

A partir de agora quando pensar em retalhos pense em unir…

Unir o útil ao correto…

E assim fazer da sua empresa uma referência não apenas em venda, mas em qualidade e consciência sócio ambiental.

Recicle e lucre mais em todos os sentidos!

Muito sucesso e até a próxima!

Nenhum comentário

Postar um comentário